Aeroporto de Dubai [nos Emirados Árabes] bate recorde passageiros em 2014.

dubai_airport

O Aeroporto de Dubai alcançou em 2014 o posto titulado que era do aeroporto inglês de Heathrow, onde 70,5 milhões de passageiros passaram pelo Páis dos Emirados Arabes no ano passado [contra 68 milhões dos ingleses…]. No local está o “hub” da companhia aérea Emirates.

Hartsfield-Jackson_Atlanta_International_Airport

Mas o aeroporto mais movimentado do planeta é o norte-americano de Atlanta, que em 2014 movimentou 96,2 milhões de passageiros e o segundo foi evidenciado em Pequim, na China – cujo local de pouso e decolagens de aeronaves registrou a passagem de 86,1 milhões de usuários. [Jean R Dierckx, de Bruxelas, Bélgica – Correspondente para a REVISTA INFLYGHT AÉREO – BRASIL – Image: Press]

LAN Chile incorpora o primeiro “787-9” em sua moderna frota!

airplane_lan_chile_boeing_787-9

A companhia aérea chilena LAN incorporou em sua frota o primeiro avião da fabricantes norte-americana Boeing da série “787-9” [de um total de 10 aparelhos iniciais e sobre a encomenda de 32 aeronaves da fabricante de jatos], expandindo assim a atuação em toda a América do Sul com o moderno avião. O “787” voa 450 milhas [cerca de 830 km de voo de cruzeiro] do que os antigos da série “8” [Elias Marques, editor MTb 49162SP, de SP – Foto: LAN/Press]

Tragédia nos Alpes franceses revela desespero antes da colisão que vitimou 150 passageiros e tripulação!

France Plane Crash

Uma aeronave da companhia “Germanwings” – empresa de baixo custo pertencente a Lufthansa Group, vitimou 150 passageiros e tripulação cujo equipamento caiu nos Alpes franceses na terça-feira [24MAR]. Informações revelam que a aeronave estava em perfeita condições de voo e que havia passado por uma revisão há pouco tempo, registrando contudo que a transportadora fundada em 2002 tem bons históricos na aviação. O avião modelo Airbus A320 mergulhou numa forte queda enquanto voava sobre uma região montanhosa no sul da França procedente de Barcelona e que tinha destino a cidade alemã de Dusseldorf. As primeiras revelações em nota de imprensa informaram que havia um grupo de passageiros da própria Alemanha, franceses e turcos – além de um grupo de jovens que estavam em um evento de música em solo espanhol. As causas do trágico acidente apontam para o desconhecido relato talvez o co-piloto tenha provocado a queda do avião, já que o piloto responsável não estava em sua posição original. A queda do aparelho foi observado pelos radares franceses de Marselhe [localizado no sul da França] onde constam que o Airbus estava voando regularmente em 37 mil pés e de repente caiu repentinamente até chocar-se nos rochedos dos Alpes. As equipes de salvamento anunciaram também que para a remoção dos passageiros demandará um tempo, pois alem da desintegração da aeronave a região montanhosa é de difícil acesso. A companhia “Germanwings” tem uma frota de cerca de 78 aeronaves que voam para 130 diferentes destinos por toda a Europa e que desempenha um papel fundamental no esforço da Lufthansa para competir contra as transportadoras de baixo custo, como a Easyjet e Ryanair. Com sede em Colónia, suas aeronaves oferece aos clientes três opções de categorias de assento: “Basic”, a “Inteligente” e “Executiva”, titulando ainda no melhor lema: “A preços razoáveis, mas não barato.” No nível básico não inclui a bagagem ou a comida a bordo marcada, enquanto que na “Inteligente” a empresa oferece um pacote de serviço diferenciado. [Por Jean R Dierckx, de Bruxelas, Bélgica – Correspondente para a REVISTA INFLYGHT AEREO – BRASIL – Image: Germanwings/Press