“Triple Seven” – o recordista mundial de alcance: o fantástico “Boeing 777”

emirates_airlines_1000th_boeing_777

A companhia aérea Emirates Airlines possui uma frota composta por vários modelos da fabricante norte-americana “Boeing”, entre eles o legendário “777 300ER” o milésimo avião da série construído pela fabricante, de acordo com informações da assessoria de imprensa da Boeing. Na fábrica de Everett, EUA, são produzidos quatro modelos diferentes de aviões: o “300ER”, o “200LR” (como no modelo “200LR” – detentor do atual recorde de maior distância percorrida sem escalas no mundo: 21.601 km entre Hong Kong e Londres, via EUA), o “777-200ER” e o modelo cargueiro – versão freighter (“777F” de 2008). O “Boeing 777” (também denominado de “Triple Seven” pelos americanos) é um avião widebody de longo alcance, projetado e fabricado pela empresa, sendo classificado como o maior avião bi-jato do mundo (com o motor mais potente já produzido).

emirates_airlines_1000th_boeing_777_300_er

Em seu layout (para atender as três classes de configuração das companhias aéreas) pode transportar entre 283 e 368 passageiros e autonomia de voo que pode alcançar até 17 mil km (“ER” – extended-range de 2004 e a versão “LR” – longer-range de 2006). Entre as principais características visuais do “777” que determina a diferenciação dos demais aviões, está no diâmetro de sua turbina “turbofan” (as maiores do mundo), seu trem de pouso composto por seis pneus cada (totalizando 12 unidades) e na sua fuselagem tipicamente circular e de comprimento maior. O modelo originário foi o “777-200” (que entrou em serviço em 1995), seguido da série “300” (10,1 m a mais que o antecessor de 1998). A aeronave foi desenhada para permitir uma maior capacidade de carga e passageiros, atuando como modelo intermediário entre o “Boeing 767” e o “Boeing 747” (“Jumbo”).

Lanchonete Popular atenderá em vários aeroportos brasileiros!

Lanchonete Popular: Depois de Curitiba e Londrina, a vez de SP e outros importantes aeroportos brasileiros.

DSCN1057

O Aeroporto de Congonhas de SP será contemplado com a lanchonete popular, conforme evidenciou a Infraero Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária e a empresa CDPlan Distribuidora, com previsão para ser inaugurada no final do primeiro trimestre de 2013. O objetivo é ofertar ao usuário e passageiro de um dos maiores aeroportos do país um valor fixado na faixa econômica, onde a estatal estipulou 15 itens com valor máximo a ser cobrado pelo agente terceirizado.

IF319

Os valores tomaram-se por base na variação verificada entre as cidades que possuem aeroportos e estabelecidos segundo critérios de pesquisas de mercado entre as lanchonetes dentro e fora dos aeroportos nacionais. Em Congonhas SP, uma porção de seis unidades de pão de queijo não poderá sair por mais de R$ 3,30, o refrigerante em lata por R$ 3,60 e a garrafa de água mineral de 500 ml e o café expresso poderá ser de R$ 2,90 cada um deles. Um, que hoje não sai por menos de R$ 3,80, vai custar R$ 2,90 na nova lanchonete. A primeira no gênero foi inaugurada no aeroporto de Curitiba (julho/2012), seguido de Londrina (no PR em outubro último).

DSCN173

Outras estão em fase de licitação no, no Rio de Janeiro, além de Porto Alegre (RS), Recife (PE), Natal (RN) e Salvador (BA). Até o primeiro semestre de 2013 os aeroportos do RJ (Galeão e Santos Dumont), Porto Alegre, Recife, Natal e Salvador terão suas lanchonetes “populares” inauguradas. Desde janeiro de 2012 a Infraero licitou os espaços para essas lanchonetes populares em 12 aeroportos nacionais, entre eles os de cidades-sede da Copa de 2014.

“A380” – cinco anos em operação comercial na Singapore Airlines.

A maior aeronave comercial em operação no mundo, o Airbus A380 completou 5 anos desde o primeiro voo.

singapore_airlines_airbus_a380

O Airbus da série “A380” da companhia aérea asiática Singapore Airlines completou cinco anos de operação com o “maior avião comercial em operação no mundo”.

singapore_airlines_airbus_a380_a

Num layout composto por dois andares para acomodações – 500 passageiros, divididos em 12 suítes, 60 assentos na classe executiva (com cama plana horizontal) e ainda 399 assentos na classe econômica, o “A380” realizou sua primeira viagem (entre Singapura a Sydney, na Austrália) em outubro de 2007, transportando mais de nove milhões de passageiros na maior aeronave comercial em operação no mundo.

singapore_airlines_airbus_a380_b

Atualmente a Singapore Airlines conta com uma frota de 19 modelos desta mesma aeronave e a opção de compra de mais seis futuras unidades, programadas para entrar em operação comercial partir de 2017. A companhia aérea é reconhecida internacionalmente por um completo e exemplar serviço de bordo, tornando entre como favorito entre passageiros e a própria tripulação da empresa.

singapore_airlines_airbus_a380_c

Tudo isso graças à suíte que possui cabines semiprivativas (cama dupla), maiores assentos para os passageiros da classe executiva e um excelente espaço para as pernas, além da boa largura das poltronas na classe econômica do avião.

Plano do Governo é ampliar pistas pelo país.

Dilma Rousseff: “Nossa intenção é construir 800 aeroportos regionais nos próximos anos para as cidades de médio porte”.

DSCN0016

A presidente Dilma Rousseff anunciou em entrevista no Palácio da Alvorada que as principais localidades brasileiras (tirando as capitais e grandes cidades metropolitanas) terão que ter necessariamente seus aeroportos para ampliar o desenvolvimento industrial e comercial a partir da contemplação da construção de novos aeroportos brasileiros. Neste contexto serão 283 municípios que possuem mais do que 100 mil habitantes e serve como plano de estruturação da aviação regional que prevê ampliar de 146 para 200 o número de aeroportos regionais em todo o país. “Em algumas regiões brasileiras somente com os novos aeroportos poderemos ampliar o desenvolvimento regional.

DSCN2530

O Governo Federal tem um plano para atender as cidades com até 100 mil habitantes, alavancando assim o crescimento industrial e comercial do nosso país” – disse em entrevista a chefe da nação brasileira. A presidente da república completou em seu discurso que incentivará o fortalecimento da aviação regional “diferenciando” da aviação de longo alcance, afirmando também que o Brasil tem dimensões continentais e enfrenta um gargalo na infraestrutura como um todo.

DSCN7632

O Estado quer também atender de forma eficaz o número total de 800 pontos para a aviação, onde neste montante incluem os aeródromos brasileiros espalhados por todas as regiões do país, principalmente aqueles que não têm capacidade para receber os voos regionais. “Temos de interiorizar o transporte aeroviário no Brasil. Precisamos de médias empresas regionais de aviação” – finalizou Dilma.

Aeroportos paulistas aumentam volume de passageiros!

DAESP registrou um aumento de mais de 70 % na movimentação dos aeroportos regionais no Estado em 2012.

DSCN1175

A movimentação de passageiros nos aeroportos regionais do Estado de SP tem aumentado devido ao crescimento e demanda das regiões administrativas do interior, fortalecidos pelo impulso industrial e as novas companhias aéreas brasileiras. “Além dos aeroportos tradicionais de grandes cidades do interior paulista, a forte demanda da aviação executiva tem ampliado o fluxo de voos para importantes municípios com raio acima de 300 km da capital” – enfatizou Ricardo Volpi, superintendente do DAESP Departamento Aeroviário do Estado de SP. Atualmente são 31 aeroportos administrados pelo órgão estadual que somente nos dez meses deste ano receberam mais de 1,72 milhões de passageiros, contra 1,48 milhões de 2011. Ainda segundo o órgão responsável, todos os prognósticos do Plano Aeroviário do Estado de SP realizado em 2007, os aeroportos de Marília, Bauru, São José do Rio Preto, Ribeirão Preto e Presidente Prudente já estão totalmente superados. Quem lidera o ranking é o Aeroporto Frank Miloye Milenkowichi (de Marília), que aumentou 156% o seu tráfego de passageiros: neste ano foram mais de 57 mil usuários (jan/ago), contra 21,6 mil passageiros em 2011. O Aeroporto Moussa Nakhal Tobias aumentou de 85% nos primeiros nove meses de 2012 com voos regulares (comerciais) que se destinam a Bauru, SP, quando recebeu 104,1 mil passageiros, frente a 56,9 mil verificados em 2011. Tomando por base no período entre 2007 e 2011, o número de passageiros transportados vem crescendo a cada ano que passa como é o caso de Presidente Prudente, por exemplo, que transportava 50 mil passageiros/ano atingiu 250 mil passageiros/ano – aumento de 43,3%. “O mercado doméstico pontuou uma média de 12% ao ano, e o mercado internacional se manteve em torno de 7%, esta com a mesma taxa dos últimos dez anos, no que evidência a necessidade prioritária para os aeroportos regionais paulista” – completou o executivo da DAESP. Outro forte exemplo é o Aeroporto Comandante Rolim Adolfo Amaro de Jundiaí (60 km da capital), que registrou um aumento de cerca de 23 % nos pousos e decolagens, de 57,3 mil em 2012 contra 47,1 mil de 2011.

Hibtec – editorial sobre transportes!

 

 

anuncio hibtec intruck

Uma completa linha editorial sobre TRANSPORTES: por ônibus (INBUS TRANSPORT), por caminhão e implemento rodoviário (INTRUCK TRANSPORTES), por carro (INCAR AUTOS), por avião (INFLYGHT AEREO) e trem e ferrovia (TRANSFERR TRENS & FERROVIAS).

HIBTEC – A NOVA IDENTIDADE EDITORIAL PARA O SEGMENTO DE TRANSPORTES

www.inbustransport.com.br  (Blog: http://inbustransportonibus.wordpress.com – Facebook: inbustransport.onibus – Twitter: inbustransport)

www.intruck.com.br  (Blog: http://intrucktransporte.wordpress.com – Facebook: intrucktransporte.caminhao – Twitter: intrucktranspo)

www.incarautos.com.br  (Blog: http://incarautos.wordpress.com – Facebook: incarautos.automoveis – Twitter: incarautos)

www.inflyght.com.br  (Blog: https://inflyghtaereo.wordpress.com – Facebook: inflyghtaereo  – Twitter: inflyghtaereo)

www.transferr.com.br  (Blog: http://transferrtrensferrovias.wordpress.com – Facebook: transferrtrenseferrovia  – Twitter: transferrtrens)

TAM anuncia a parceria com a American Airlines

TAM e AA voam juntas para os EUA.

American Airlines 737-800 Eco Demonstrator In Flight<br /><br /><br /> K65743

Em acordo de “codeshare” (código compartilhado), a TAM anuncia um acordo para operar em conjunto com a empresa aérea norte-americana AA American Airlines. “Assim que o acordo com a American Airlines for aprovado, poderemos aumentar e diversificar as opções de voos para a América do Norte” – enfatizou Marco Antonio Bologna, presidente da TAM, conforme nota de imprensa. Clientes da TAM poderão ter seus destinos para 52 cidades nos EUA e Canadá, cuja conexão parte de Miami, NY e Orlando, utilizando assim a rede aérea da AA. Mas esse compartilhamento ainda depende de ser aprovado pelo Departamento de Transportes dos EUA, do Cade Conselho Administrativo de Defesa Econômica e ainda pela Anac Agência Nacional de Aviação Civil. No acordo entre os governos do Brasil e dos EUA da possível eliminação e necessidade de visto para viagens de turismo entre as nacionalidades, vai permitir que mais brasileiros dirijam-se para gastar nos EUA, que é o destino favorito nas viagens internacionais dentro do continente americano.

tam_airplane_633